terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Pensar sem agir é viver sem sorrir


Uma das coisas que mais me orgulha é ser diferente. Não diferente no sentido de apenas não ser igual, pois numa análise simples, não poderia eu ser considerado tão diferente assim. Anatomicamente sou normal, mentalmente racional, mas sentimentalmente...


Digo isso porque tenho visto tanta ignorância por aí, tanta falta de paciência e intolerância mesmo. O caos se tornou normal, o banal é ser racional ante a situação caótica que têm provocado essa anomalia persistente, mas que para alguns não é tão evidente. Serão eles os seres positivistas?


Tenho sérias dúvidas com relação aos positivistas¹, alguns se prendem tanto ao pensar positivo que se esquece que pensar sem agir é viver sem sorrir, e se tornam os ressentidos passivos. Mas qual é a utilidade de um ressentido passivo, hein?! Reclamar das coisas sem dar uma solução? Agir como um rebelde sem causa? Virar EmÓò [risadas], ou apenas ser o dito normal?


Há uma grande epidemia entre nós, uma epidemia que age de forma silenciosa e faz mais vítimas a cada dia que passa: o preconceito ao diferente. Nos acostumamos tanto a viver de forma “padrão” – por mais que tenhamos nossas particularidades – que quando nos deparamos com algo fora do comum nos assustamos.


Isso foi o que aconteceu comigo esses dias. Um deficiente visual tentava atravessar uma av. movimentada aqui na minha cidade, várias pessoas viram o “desafio” daquele senhor, mas ninguém quis ajudá-lo. Me ofereci para ajudar, e ele aceitou. Após atravessarmos a av. ele me agradeceu e se foi. Todos ficaram me olhando, como se eu fosse alguém diferente deles, uma moça com seus 22 anos veio a mim e me disse que queria ter ajudado-o, mas ficou com “medo”. “n” coisas passaram pela minha cabeça, mas apenas disse que ela era uma ressentida passiva e que “Pensar sem agir é viver sem sorrir”.


Abraços


1 – Usando a definição dos que acreditam que ser positivista é apenas pensar positivo, ser otimistas, e fazer coisas boas.

10 comentários:

Leo Pinheiro disse...

Sinceramente, acho que ser diferente hj em dia é muiuto normal!

É inerente à juventude e... E ponto.

Nada demais.

Eu procuro apenas SER. E, acredite, já é difícil para kct! Entendeu? Abç e...

Apareça no meu blog!

Paulo disse...

A normalidade é tão relativa naum pdemos definir o que é normal e o que naum aliás creio que somos todoas neuróticos o que naum podemos ser é psicoticos pq enquanto somos neuroticos temos controle de nossas açãoes agora neurótico já naum...identidade é essa a questão...

historiaspraboidormir disse...

eu já parei de pensar em diferenças
tanto faz pra mim se és gay, emo ou diabo...
nem me preocupo se sou o padrão da sociedade (o que acho q não)

Murilo disse...

Olá ,

Parabens pelo blog.

Concordo com algumas coisas que falo.

Acho que antes de apresentar alguma critica tem que apresentar uma solução , pq não adianta criticar uma coisa que não tem a solução como vc disse.

Existe uma frase do Chico Xavier que é a seguinte.

"Não exija qualidades dos outros que você ainda não possua" - Chico Xavier

Bom é isso ai

Abraços até +

Ananda disse...

É uma pena que atitudes como a sua são vista pelas pessoas como uma coisa de outro mundo quando deveria ser uma obrigação de todos.

VoOÔO ViiIrA EmôÒ kkkkkkkkkk'



http://opniaoinutil.blogspot.com/

Wander Veroni disse...

Olá!

Acredito que ser positivista, de acordo com o conceito que foi dado no post, não é só ficar no campo das idéias - e partir pra ação. O pessimismo em excesso não leva a lugar nenhum.

Por outro lado, anda dentro do tema do post, o preconceito existe por medo e por ignorância.

As pessoas deveriam se permitir mais e ver que existe um outro mundo fora dos seus próprios umbigos.

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Rodox disse...

Não sei em que mundo vivemos hoje.... infelizmente parece que a musica do cada um no seu quadrado ta fazendo sucesso e todo mundo ta dançando no seu... Concordo contigo que pensar sem agir é o q tu disse aí!. Muita gente quer ser politicamente correto ou entra na moda do sustentavel mas por detras dos olhos alheios o velho e sujo sujeito existe com a mesma porcalhidade de sempre!

Valew pela visita no prodibidoler.com estamos à disposição sempre que quiser!

Jeff McFly disse...

É... o texto realmente honra o nome do blog "visão contrária".

Ser diferente é ser anormal? Do jeito que as coisas estão caminhando, não me srpreenderá se amanha o diferente for o normal. É tudo relativo...

Abraço e vamo que vamo.

Lidiane disse...

Adorei o texto e concordo com vc. Parabéns! Bjus

Waltinho J Neto.'. disse...

As pessoas buscam satisfação pessoal o tempo inteiro, e infelizmente não se enquandra na maioria das vezes o amor e respeito ao próximo, belo post!