quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Até Onde?

Essa semana eu acordei martelando com um dado incrível, 95% dos downloads feitos na internet são ilegais. Ou seja, a maioria esmagadora não paga nada de direitos autorais, gravadoras ou até mesmo por artista.

Não estou dando uma de bonzinho nesse caos virtual, já que também baixo sem pagar um tostão à ninguém. Antes pelo menos existia mais pessoas que pagavam e isso me reconfortava. Mas o que me pergunto é: baixar de graça na internet, pode? Não me resumo à música, mas filmes, seriados, shows e qualquer nova invenção moderna.

Uma vez eu fiz essa pergunta à uma amiga e ela me respondeu que a música irá se tornar como a televisão. Ninguém paga pelo programa que assiste e daqui a pouco, música será de acesso à todos e ninguém irá ter que pagar.

Não posso afirmar se isso é verdade, mas pelo menos me fez dormir mais tranquilo.

4 comentários:

João Vitor disse...

Até onde?
uma barreira não impede mais!
até o presidente Lula jah foi pego com um DVD pirata, ninguem vai ser preso por baixar uma música.
isso é errado, mas se tornou normal!

http://joaovitors.blogspot.com/

Marcus Alencar disse...

Isso é errado por questões de pirataria e direitos autorias. Ninguém quer ajudar o crime organizado ou desmerecer o trabalho de várias pessoas que ralaram e não recebem nada em troca. Também tem a questão do alto preço de cds, filmes, ingressos de cinemas, o acesso a tv paga e etc... o que acaba facilitando a busca por downloads e produtos piratas. A internet e o livre acesso, assim como o compartilhamento de obras de entretenimento está no nível do incontrolável. Seria interessante se adaptar a isso.

DuDu Magalhães disse...

hehehhe


Até o mundo acabar...

André disse...

para conseguir alguma coisa voce vai passar fome/perder amigos/perdre mordomias/ mas alguem tem que se sacrificar por um novo brasil/mundo- sei que nao vou viver para ver o resultado mas faço a minha parte. abraços