segunda-feira, 27 de julho de 2009

PARADA PELA LIBERDADE SEXUAL

Aconteceu neste dia 25/07/2009 sábado a 7º edição da PARADA PELA DIVERSIDADE SEXUAL DE MATO GROSSO. Este ano a parada contou com a organização de mulheres de raça através da ONG LIBLES (Liberdade Lésbica) e Zumzum Bar disco e contou com mais ou menos 40 Mil pessoas dentre eles Gays, bissexuais, Lésbicas, Travestis, Transexuais e os simpatizantes do movimento é claro.

Com gritos de ordem os participantes reivindicaram a aprovação da PLC 122/06 que torna o crime de homofobia crime.

A parada também contou com a participação da cantora Simoni e também o grupo Sexy dolls que vieram abrilhantar a festa pela Liberdade Sexual para a comunidade LGBT de Cuiabá e de Mato grosso como um todo.

É triste poder ver que as pessoas precisem reivindicar por liberdade sendo que a constituição brasileira diz que já somos livres, mas que seja pra protestar que se proteste com classe igual aconteceu neste sábado com uma festa linda e colorida. E viva a liberdade sexual!!!

domingo, 17 de maio de 2009

sou assim

É incrivél como todos parecem se meter com as nossas vidas. Parece, que sempre aparece alguém pra te dizer como se tem que fazer e pior tem que ser de acordo com "as regras" digamos pré estabelecida por uma sociedade nada justa.
Se eu estivesse com uma amiga digamos mais depressiva que ela diria " quem disse que o mundo é justo", nestas atuais circusâncias eu teria que concordar com ela.
Viviemos em país em que a nossa constituição diz que somos todos iguais perante a lei. E as pessoas não deiaxam que você seja da forma que você é . Sempre pré estabelece coisas para serem seguidas e todos têm que cumpri-lás.
As pessoas são estranhas e de vez enquando fazem coisas mais estranhas ainda. Ao mesmo tempo que irá existir uma pessoa que te trata com despreso e preconceito haverá um que te trata com carinho e sem nenhum preconceito ( estas sempre aparenta pra gente que já a conhecemos a muito tempo).
O ser humano precisa estudar muito mais filosofia pra ver se aprende a ser um pouquinho mais ético. Eu prometo que vou tentar!!!

terça-feira, 12 de maio de 2009



92 dias

Não foi a falta de tempo e o acaso que me fizeram ficar ausente deste blog, confesso. A ‘parada’ –ando conversando muito com o João Vitor- é que ando sem “tesão” pelas palavras. Sabe como é?! Aí resolvi tirar umas férias.


Por mais que eu esteja descansado, devido às férias, continuo sem o “tesão pelas palavras, e sufocado com o tédio. Será que estou morrendo?


Outro dia li uma frase que me chamou atenção: “Quanto mais pensamos na morte, mais a nossa vida desaparece”. Legal, não é?! Está certo que existe “n” frases que tem o mesmo sentido dessa, porém, nenhuma delas estava comigo na hora exata. Este foi o diferencial.


E assim foram esses 92 dias, À procura da hora exata... De Voltar?


Sem mais...


quinta-feira, 19 de março de 2009

Doação De Órgãos

Como posso me tornar um doador de órgãos?

O passo principal para você se tornar um doador é conversar com a sua família e deixar bem claro o seu desejo. Não é necessário deixar nada por escrito. Porém, os familiares devem se comprometer a autorizar a doação por escrito após a morte. A doação de órgãos é um ato pelo qual você manifesta a vontade de que, a partir do momento da constatação da morte encefálica, uma ou mais partes do seu corpo (órgãos ou tecidos), em condições de serem aproveitadas para transplante, possam ajudar outras pessoas.

O que é morte encefálica?


É a morte do cérebro, incluindo tronco cerebral que desempenha funções vitais como o controle da respiração. Quando isso ocorre, a parada cardíaca é inevitável. Embora ainda haja batimentos cardíacos, a pessoa com morte cerebral não pode respirar sem os aparelhos e o coração não baterá por mais de algumas poucas horas. Por isso, a morte encefálica já caracteriza a morte do indivíduo. Todo o processo pode ser acompanhado por um médico de confiança da família do doador. É fundamental que os órgãos sejam aproveitados para a doação enquanto ainda há circulação sangüínea irrigando-os, ou seja, antes que o coração deixe de bater e os aparelhos não possam mais manter a respiração do paciente. Mas se o coração parar, só poderá ser doado às córneas.

Quais os requisitos para um cadáver ser considerado doador?

* Ter identificação e registro hospitalar;
* Ter a causa do coma estabelecida e conhecida;
* Não apresentar hipotermia (temperatura do corpo inferior a 35ºC), hipotensão arterial ou estar sob efeitos de drogas depressoras do Sistema Nervoso Central;
* Passar por dois exames neurológicos que avaliem o estado do tronco cerebral. Esses exames devem ser realizados por dois médicos não participantes das equipes de captação e de transplante;
* Submeter-se a exame complementar que demonstre morte encefálica, caracterizada pela ausência de fluxo sangüíneo em quantidade necessária no cérebro, além de inatividade elétrica e metabólica cerebral; e
* Estar comprovada a morte encefálica. Situação bem diferente do coma, quando as células do cérebro estão vivas, respirando e se alimentando, mesmo que com dificuldade ou um pouco debilitadas. Observação: Após diagnosticada a morte encefálica, o médico do paciente, da Unidade de Terapia Intensiva ou da equipe de captação de órgãos deve informar de forma clara e objetiva que a pessoa está morta e que, nesta situação, os órgãos podem ser doados para transplante.

Quero ser um doador de órgãos. O que posso doar?

* Córneas (retiradas do doador até seis horas depois da parada cardíaca e mantidas fora do corpo por até sete dias);
* Coração (retirado do doador antes da parada cardíaca e mantido fora do corpo por no máximo seis horas);
* Pulmão (retirados do doador antes da parada cardíaca e mantidos fora do corpo por no máximo seis horas);
* Rins (retirados do doador até 30 minutos após a parada cardíaca e mantidos fora do corpo até 48 horas);
* Fígado (retirado do doador antes da parada cardíaca e mantido fora do corpo por no máximo 24 horas);
* Pâncreas (retirado do doador antes da parada cardíaca e mantido fora do corpo por no máximo 24 horas);
* Ossos (retirados do doador até seis horas depois da parada cardíaca e mantidos fora do corpo por até cinco anos);
* Medula óssea (se compatível, feita por meio de aspiração óssea ou coleta de sangue);
* Pele; e
* Valvas Cardíacas.

Quem recebe os órgãos e/ou tecidos doados?

Quando é reconhecido um doador efetivo, a central de transplantes é comunicada, pois apenas ela tem acesso aos cadastros técnicos com informações de quem está na fila esperando um órgão. Além da ordem da lista, a escolha do receptor será definida pelos exames de compatibilidade entre o doador e o receptor. Por isso, nem sempre o primeiro da fila é o próximo a receber o órgão.

Como garantir que meus órgãos não serão vendidos depois da minha morte?
As centrais de transplantes das secretarias estaduais de saúde controlam todo o processo, desde a retirada dos órgãos até a indicação do receptor. Assim, as centrais de transplantes controlam o destino de todos os órgãos doados e retirados.

Disseram-me que o corpo do doador depois da retirada dos órgãos fica todo deformado. Isso é verdade?
É mentira. A diferença não dá para perceber. Aparentemente o corpo fica igualzinho. Aliás, a Lei é clara quanto a isso: os hospitais autorizados a retirar os órgãos têm que recuperar a mesma aparência que o doador tinha antes da retirada. Para quem doa não faz diferença, mas para quem recebe sim!

Posso doar meus órgãos em vida?

Sim. Também existe a doação de órgãos ainda vivo. O médico poderá avaliar a história clínica da pessoa e as doenças anteriores. A compatibilidade sangüínea é primordial em todos os casos. Há também testes especiais para selecionar o doador que apresenta maior chance de sucesso. Os doadores vivos são aqueles que doam um órgão duplo como o rim, uma parte do fígado, pâncreas ou pulmão, ou um tecido como a medula óssea, para que se possa ser transplantado em alguém de sua família ou amigo. Este tipo de doação só acontece se não representar nenhum problema de saúde para a pessoa que doa.

Para doar órgãos em vida é necessário:

* ser um cidadão juridicamente capaz;
* estar em condições de doar o órgão ou tecido sem comprometer a saúde e aptidões vitais;
* apresentar condições adequadas de saúde, avaliadas por um médico que afaste a possibilidade de existir doenças que comprometam a saúde durante e após a doação;
* Querer doar um órgão ou tecido que seja duplo, como o rim, e não impeça o organismo do doador continuar funcionando; “Ter um receptor com indicação terapêutica indispensável de transplante; e
* Ser parente de até quarto grau ou cônjuge. No caso de não parentes, a doação só poderá ser feita com autorização judicial.

Órgãos e tecidos que podem ser doados em vida:

* Rim;
* Pâncreas;
* Medula óssea (se compatível, feita por meio de aspiração óssea ou coleta de sangue);
* Fígado (apenas parte dele, em torno de 70%); e
* Pulmão (apenas parte dele, em situações excepcionais).

Quem não pode doar?

* Pacientes portadores de insuficiência orgânica que comprometa o funcionamento dos órgãos e tecidos doados, como insuficiência renal, hepática, cardíaca, pulmonar, pancreática e medular;
* Portadores de doenças contagiosas transmissíveis por transplante, como soropositivos para HIV, doença de Chagas, hepatite B e C, além de todas as demais contra-indicações utilizadas para a doação de sangue e hemoderivados;
* Pacientes com infecção generalizada ou insuficiência de múltiplos órgãos e sistemas; e
* Pessoas com tumores malignos - com exceção daqueles restritos ao sistema nervoso central, carcinoma basocelular e câncer de útero - e doenças degenerativas crônicas.

O que diz a Lei brasileira de transplante atualmente?

Lei que dispõe sobre a remoção de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para fins de transplante é a Lei 9.434, de 04 de fevereiro de 1997, posteriormente alterada pela Lei nº 10.211, de 23 de março de 2001, que substituiu a doação presumida pelo consentimento informado do desejo de doar. Segundo a nova Lei, as manifestações de vontade À doação de tecidos, órgãos e partes do corpo humano, após a morte, que constavam na Carteira de Identidade Civil e na Carteira Nacional de Habilitação, perderam sua validade a partir do dia 22 de dezembro de 2000. Isto significa que, hoje, a retirada de órgãos/tecidos de pessoas falecidas para a realização de transplante depende da autorização da família. Sendo assim, é muito importante que uma pessoa, que deseja após a sua morte, ser uma doadora de órgãos e tecidos comunique à sua família sobre o seu desejo, para que a mesma autorize a doação no momento oportuno.

Como pode ser identificado um doador de órgãos?

As Centrais Estaduais também têm um papel importante no processo de identificação/doação de órgãos. As atribuições das CNCDOs são, em linhas gerais: a inscrição e classificação de potenciais receptores; o recebimento de notificações de morte encefálica, o encaminhamento e providências quanto ao transporte dos órgãos e tecidos, notificação à Central Nacional dos órgãos não aproveitados no estado para o redirecionamento dos mesmos para outros estados, dentre outras. Cabe ao coordenador estadual determinar o encaminhamento e providenciar o transporte do receptor ideal, respeitando os critérios de classificação, exclusão e urgência de cada tipo de órgão que determinam a posição na lista de espera. O que é realizado com o auxílio de um sistema informatizado para o ranking dos receptores mais compatíveis.

A identificação de potenciais doadores é feita, principalmente, nos hospitais onde os mesmos estão internados, através das Comissões Intra-hospitalares de Transplante, nas UTIs e Emergências em pacientes com o diagnóstico de Morte Encefálica. As funções da coordenação intra-hospitalar baseiam-se em organizar, no âmbito do hospital, o processo de captação de órgãos, articular-se com as equipes médicas do hospital, especialmente as das Unidades de Tratamento Intensivo e dos Serviços de Urgência e Emergência, no sentido de identificar os potenciais doadores e estimular seu adequado suporte para fins de doação, e articular-se com a respectiva Central de Notificação, Captação e Distribuição de órgãos, sob cuja coordenação esteja possibilitando o adequado fluxo de informações.

Fonte: Ministério da Saúde
http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=23628&janela=1

quarta-feira, 11 de março de 2009

Novo Corte De Cabelo


Há alguns paradoxos musicais que tenho um certo interesse. Entre todos os existentes, este post será voltado às mudanças. Se houver uma unanimidade entre todos os críticos é que fazer um disco igual ao anterior é ruim, porém pior ainda é ter uma mudança trágica.

Lembro de quando o Simple Plan lançou o terceiro disco cheio de baladas eletrônicas e não agradou nem aos tradicionais fãs e aos críticos. Para ser mais recente, cito o Peter Doherty que acabou de ter seu disco vazado na internet e não houve faixas de boas-vindas.

Outra pessoa que caiu no conceito de que nem toda mudança é recebida de braços abertos foi a Kelly Clarkson. A ex-rebelde do rock, quando se abriu ao pop, o mesmo parece ter virado as costas.

Mas quem pensa que produto em conserva é bom se engana. As fórmulas do AC/DC são as mesmas e muitos críticos rejeitam a falta de inovação da banda. Várias bandas da cena independente ao lançarem o seus discos foram bastante criticadas, entre elas temos o Hard-Fi e o Bloc Party.

O fato é que entre o medo de mudança e o de se arriscar. Muitos acabam se acovardando e o que vale nessas horas, não são críticos, mas a sabedoria popular, afinal, quem não se arrisca, não petisca.

segunda-feira, 2 de março de 2009

Libertinagem

Existiria a liberdade no mundo contemporâneo ou só seria uma utopia? Para a filosofia a liberdade é a autonomia de um sujeito racional. Schopenhauer acreditava que a ação humana não é, absolutamente, livre. Ele estava certo vivemos em um meio social. Viver em sociedade significa muitas das vezes repudiar a nossa liberdade, a sociedade é elitista e nos impoe e determina até onde vai a liberdade.
Com isso ficamos privados talvez intimidados e não fazemos muitas das coisas que as vezes nos fazem felizes. Senpre somos taxados por nossos atos as vezes “inadequados” a determinada situação porem se sou um sujeito racioanal e escolho simplismente não me adequar serei duramente criticado pelos meus atos, porque eu não devo ser diferente da massa devo simplismente seguir o manual que foi pre estabelecido quando nasci junto com a etiqueta com o meu codigo de barras que ganhei numa linha produção de uma industria distribuídas pelo planeta Global.
A liberdade contemporânea é traduzida pelas palavras de Satre “a liberdade humana revela-se na angústia” o homem contemporâneo vive angustiado na monotomia do século XXI transformou a morte por amor dos secúlos passados na nossa depressão de hoje. Somos seres sociais isto é um foto inquestionavel mais até onde vai a liberdade de cada um dentro de um determinado grupo social. Sabemos que não devemos fazer nada que vá contra a vida de alguem. Porém isso não me dá o direito de classificar as pessoas e querer que pensem e ajam como eu.
Tenho o direito de agir e pensar da forma que eu quiser, de expor minha opinião sempre como um sujeito racional é claro. Pitty em uma de sua letras diz “Ninguém merece/Ser só mais um bonitinho... Adulto ou criança/O importante é ser você”.
Finalizo aqui com uma dica de livro: “Admirável Mundo Novo (Brave New World na versão original em língua inglesa) é um livro escrito por Aldous Huxley no ano de 1932 e narra uma utopia futurista onde as pessoas são pré-condicionadas biologicamente e condicionadas psicologicamente a viverem em harmonia com as leis e regras sociais, dentro de uma sociedade organizada por castas.” (Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre)

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Amor sem Idade

Por Pedro Junior

Hoje ao refletir sobre a palavra Felicidade
E a sua definição me lembrei de você;
Pois ao seu lado sei que sou verdadeiramente feliz

E também a necessidade de lhe relembrar
Que o meu Amor não se prende a faixa etária, demarcações
Banais sobre o tempo, diferenças, preconceitos...

Demarcar idade para o Amor é no mínimo retículo
Sinta e receba o Amor que lhe dou, ele é sincero e eterno
Pelo menos se arrisque, tente saber como podemos ser...

Se permita, abra seu coração e me receba; pois eu já te acolhi dentro do meu.
Deixe que o Amor é capaz de transformar tudo.
Venha sem medo de ser feliz, seremos feliz!
Ou melhor; já somos, só depende de você para que continuemos a ser

Não me deixa as traças como um mendigo
A esmola que peço é o seu Amor, carinhos, respeito...
Não vamos deixar essa "onda" de idade atrapalhar
Vejo idade nas palavras mais belas do mundo como:

Afinidade
Sensibilidade
Prosperidade
Cumplicidade
Fidelidade
Proximidade
Consaguinidade
Maturidade
Reciprocidade
Felicidade

Não deixe a nossa felicidade passar, por uma bobagem de achar que o Amor tem idade.
Sou o que sou porque faço de meus sonhos as minhas verdades e de meus pesadelos a minha coragem (Pedro Júnior)
Se você era um sonho agora é a minha Verdade...

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Coluna Social?


Não gosto de pagar de coluna social, por motivos particulares que não vem ao caso, mas falar da vida alheia é algo que me incomoda. Essa semana aconteceu algo fora dos padrões com uma artista e que merece destaque, por isso, aviso logo que se esse post ficar meio parecido com o Ego, me desculpa.

O fato foi que Rihanna apanhou do namorado, Chris Brown. Os dois são cantores, fazem sucesso e seus rostos estão estampados em qualquer revista, portanto, o caso virou assunto público.

Não tenho nada haver com a agressão e nem vou me posicionar perante o fato. A questão que estou levantando é: cantor pode ter privacidade?

Nossos pais provavelmente dirão que não, que cantor serve para ser exemplo e estão acostumados com o tempo de que música com palavrão nem pensar. Hoje isso não cabe nos padrões, se todas as músicas fossem levadas a sério, o mundo já teria se lascado a muito tempo.

Então, se a música não serve de exemplo, a vida pessoal poderia? De que adiantaria você ficar sabendo que Rihanna teve de cancelar dois shows por causa das agressões do namorado? Digo que não mudaria muito, talvez inspirasse uma mulher que apanha do marido a denunciá-lo.

Mas é puritanismo demais acreditar que exemplos mudam a vida. Caso mudassem, coitadas das nossas crianças que, ou andariam sem calçinha ou bateriam na "amada".

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009



A Receita

Entre eventos, R.H. e marketing pessoal


Aprendi cedo que há sempre alguém que se interesse pelas coisas que fazemos, mesmo que nós não percebamos, e que as mesmas sempre afetam alguém de forma demasiadamente boa ou ruim. Então poderia eu começar este texto com uma frase motivadora, dessas tipo auto-ajuda. Mas não tenho muitas certezas acerca da interpretação coletiva, então prefiro começar com um pensamento de minha autoria: Pensar sem agir é viver sem sorrir.

Quantas vezes nos deparamos em meio a situações difíceis onde a solução parece inexistente? Quantas vezes estamos no fundo do poço, e parece que há um peso em nossas costas que nos coloca ainda mais para baixo? Quantas vezes o caminho errado pareceu o mais certo? Quantas vezes pensamos: “viver ou não viver... Eis a questão?” Quantas, quantas, quantas...

Diversos são os momentos que nos deparamos com situações assim ou semelhantes, não é? Alguns chegam a dizer que a vida é difícil. Mas comparada a quê?

No filme “À procura da felicidade”, Chris Gardner, representado por Will Smith, pode ser considerado um ser inteligente e ousado na medida certa, que está à procura do seu próprio espaço e respeito e que não liga para os moldes criados sabe-se lá por quem, mas que são seguidos, quase a risca, por grande parte da sociedade. Característica importante para todos os bons profissionais, e ainda mais para os que lidam diretamente com pessoas.

No começo do drama ele segue o seu instinto e investe todo o dinheiro da sua família em scanners portáteis para ossos. “A máquina revolucionária” segundo ele. Infelizmente o negócio não dá certo, e as dificuldades financeiras bem como a necessidade da sua esposa ter que trabalhar dois ou até mesmo três turnos para “corrigir” o erro do seu marido, levam ao fim da confiança que ela depositava em Chris, e consequentemente ao fim do casamento.

Já dizia Drummond que “a confiança é um ato de fé, e está dispensa o raciocínio”. Mas e a autoconfiança, hein? Qualidade está indispensável a todo profissional, e que está diretamente ligada ao nosso marketing pessoal. Ter autoconfiança é fundamental para nos vendermos com maior facilidade, e a sinceridade conosco mesmo é importante. Claro que nos momentos de crise, fica mais difícil. Porém Chris não deixou se abater em momento algum, reconheceu que a culpa dos problemas era dele e correu atrás de uma solução. Coisa que hoje em dia não é comum acontecer, a maioria das pessoas tem o costume de colocar a culpa nos outros, no produto, ou em qualquer coisa que possa servir de desculpa para o seu despreparo para lidar com situações diversas. Fica evidente no filme que para o nosso marketing pessoal funcionar, temos quer ser, acima de tudo, sinceros conosco mesmo.

Mas apenas isso não basta. O Recursos Humanos nos demonstra que temos que “dançar conforme a música”, estar sempre impecável, limpo, bem arrumado e firme. Podemos estar passando pelos piores problemas possíveis, mas isso não pode afetar o nosso trabalho.

No filme, o Chris consegue uma vaga para estágio não remunerado e as dificuldades da sua vida aumentam. Ao final do estágio que concorriam 20 pessoas apenas uma seria contratada. Chris tinha certeza que seria ele, pois conhecia o seu potencial. Mesmo tendo perdido a sua esposa, o seu apartamento, e tendo que cuidar do seu filho com pouquíssimo dinheiro, em momento algum ele deixou isso transparecer em seu trabalho, o equilíbrio emocional demonstrado foi imenso, e enfim ele conseguiu o emprego. Ele sabia bem como chegou lá.

O filme demonstra que para atingir o sucesso temos que superar os nossos limites, e ajudar os outros quando precisam, não necessariamente esperando algo em troca.

Parece até que somos auto-suficientes, não? Mas será que somos tão auto-suficientes assim? Sempre que Chris precisou alguém o ajudou, mesmo que esse alguém não percebesse. O cara da Ferrari, o scanner revolucionário, etc. essas ajudas nem sempre foram tangíveis, mas ele soube como tirar um aprendizado de todas as coisas boas ou ruins que o afetavam. Um sorriso desinteressado de alguém desconhecido em momento que estamos mal, já nos ajuda a ficar melhor, não é? Mas como não culpar o mundo dos nossos problemas? Geralmente agimos assim, achamos que todos são culpados dos nossos problemas, e perdemos boas chances de ficarmos melhores, e aprender algo.

A renovação é outro ponto forte que é discutido no filme. Chris sempre renovava a sua forma de venda, com isso consegue bons resultados. A mesmice leva ao comodismo, que por sua vez nos leva ao fracasso. É só uma questão de tempo.

Há também uma cena em que ele liga para agradecer o seu cliente, isso estreita os laços e possivelmente o seu cliente o indicara para outros e como uma bola de neve seu faturamento melhorará. Mas isso não adianta se o nosso produto não tiver qualidade, e sempre estar entre os melhores, ou ser o melhor.

Todas essas características acima são importantes para um profissional de eventos. O mesmo não pode, em momento algum, não acreditar em si e trabalhar muito para que tudo saia perfeito. Nem sempre a perfeição será possível, mas o evento tem que estar próximo dela. O trabalho em equipe é imprescindível, pois ninguém faz nada sozinho

Enfim, no filme fica muito evidente que é fundamental refletirmos sobre a vida, nos conhecermos e desenvolvermos paciência, autoconfiança, agilidade, equilíbrio emocional, etc. mas não apenas, é importante agir. Ficar esperando que o sucesso venha a nós não é o caminho certo, pois dificilmente ele vira. É importante que sejamos o melhor em tudo, que não fiquemos restritos ao nosso mundo; temos que estar sempre nos atualizando, pois o nosso mundo se abre quando descobrimos novas possibilidades. Temos sempre que ser inteligentes e ousados na medida certa, ter a consciência de que cada dia é uma batalha diferente, e as experiências vão se tornando os nossos escudos. O marketing pessoal e o RH têm que ser trabalhados juntos – como foi demonstrado pelo Chris no filme – para que sejamos um ótimo profissional de eventos, ou em qualquer outra área. Tudo que conquistamos, depende muito mais de nós do que da sorte ou de Deus. Os ingredientes foram dados, a receita você desenvolve.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Dois eventos importantes

1º EVENTO


Esta acontecendo desde da semana passada "A mostra Visionários - Audiovisual na América Latina, no Auditório do CineSesc Arsenal. Dias: 5, 6, 7, 12, 13 e 14 de fevereiro. Horário: 19h e 20h30." Entrada franca. Fone: 3616-6941.



2º EVENTO


Acontece nesta terça-feira dia 10 de fevereiro a 2ª edição do "Bazar do Morro da Caixa d'água velha". Evento importantíssimo para a movimentação Atítica em Mato Grosso. Esta é uma excelente iniciativa e deveria ser repetida frequêntemente.





quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Poema de um Louco

Era meia-noite e o Sol brilhava no horizonte
Um negro careca penteava sua linda cabeleira loira com um pente sem dentes
Pertinho dali, a 100 mil milhas de distância
Enquanto um cego analfabeto lia um jornal
Sem letras, de ponta cabeça

Um surdo-mudo sentado em pé em uma pedra de madeira feita de barro dizia:
A vida é como uma canoa, que navega de cabeça pra baixo nas ondas de um poço sem água.
Enquanto isso, na sua direia ao lado esquerdo um jacaré voava nadando devagar em alta velocidade

As vacas pulavam de galho em galho a procura de seus ninhos em rítmo de Yê-Yê-Yê
Os passarinhos pastavam o capim que nascia no asfalto.
No outro lado da cidade, em um bosque sem árvores, um elefante descansava
Aliviadamente apavorado, debaixo da sombra de um couve sem folha

Os animais observavam, de olhos fechados, uma mulher gritando baixo em voz alta:
Prefiro me matar, do que perder a vida!

Os quatro profetas,eram três: Moisés e José
O mundo era uma bola quadrada,que girava em torno da lua.
...
Poema escrito por um leitor de jornais analfabeto e cego.
...

"Loucura é apenas uma forma sinceramente subjetiva de se ver as coisas"
Arthur F. Farias

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

O Último Dos Bons Sites

Se tem um site que está com um público cada vez maior é o Last FM. Um site de parada obrigatória para qualquer fanático por música, ou para quem só gosta. Além do serviço de mensagens, já presente no Orkut. O Last FM trás um dispositivo que fica no seu computador e, toda vez que você ouve uma música ela é contabilizada no site.

Além do aplicativo citado, todo usuário possui uma espécie de blog particular. Não é uma das maravilhas que você pode deixar a sua cara, mas tem lá sua utilidade. O site também conta com um aplicativo onde pode se ouvir alguma das música preferidas do seu amigo.

Mas a grande utilidade do site é descobrir bandas novas. Algumas que tem um estilo parecido com o teu e outras apostas que tem de ser ouvidas. O site vem se tornado um sucesso para quem gosta do assunto, quer ouvir coisas novas ou simplesmente, criar um novo perfil na net.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Pensar sem agir é viver sem sorrir


Uma das coisas que mais me orgulha é ser diferente. Não diferente no sentido de apenas não ser igual, pois numa análise simples, não poderia eu ser considerado tão diferente assim. Anatomicamente sou normal, mentalmente racional, mas sentimentalmente...


Digo isso porque tenho visto tanta ignorância por aí, tanta falta de paciência e intolerância mesmo. O caos se tornou normal, o banal é ser racional ante a situação caótica que têm provocado essa anomalia persistente, mas que para alguns não é tão evidente. Serão eles os seres positivistas?


Tenho sérias dúvidas com relação aos positivistas¹, alguns se prendem tanto ao pensar positivo que se esquece que pensar sem agir é viver sem sorrir, e se tornam os ressentidos passivos. Mas qual é a utilidade de um ressentido passivo, hein?! Reclamar das coisas sem dar uma solução? Agir como um rebelde sem causa? Virar EmÓò [risadas], ou apenas ser o dito normal?


Há uma grande epidemia entre nós, uma epidemia que age de forma silenciosa e faz mais vítimas a cada dia que passa: o preconceito ao diferente. Nos acostumamos tanto a viver de forma “padrão” – por mais que tenhamos nossas particularidades – que quando nos deparamos com algo fora do comum nos assustamos.


Isso foi o que aconteceu comigo esses dias. Um deficiente visual tentava atravessar uma av. movimentada aqui na minha cidade, várias pessoas viram o “desafio” daquele senhor, mas ninguém quis ajudá-lo. Me ofereci para ajudar, e ele aceitou. Após atravessarmos a av. ele me agradeceu e se foi. Todos ficaram me olhando, como se eu fosse alguém diferente deles, uma moça com seus 22 anos veio a mim e me disse que queria ter ajudado-o, mas ficou com “medo”. “n” coisas passaram pela minha cabeça, mas apenas disse que ela era uma ressentida passiva e que “Pensar sem agir é viver sem sorrir”.


Abraços


1 – Usando a definição dos que acreditam que ser positivista é apenas pensar positivo, ser otimistas, e fazer coisas boas.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Princípio

Há uma semana quando decidi fazer esta coluna comecei a rabiscar um esboço sobre um milhão de coisas que escreveria e o que comentaria aqui no fim olhei para aquele monte de palavras e vi que tinha esquecido uma de minhas principais filosofias de vida “as idéias mais geniais estão nas coisas mais simples da vida” então deletei tudo aquilo e decidi fazer um link. Não tem coisa mais simples que isso e dispenso apresentações e vamos ao que interessa. Como esta é a primeira vamos falar de “Princípio”.

Princípio

Em uma definição rápida o Aurélio diz “substantivo masculino 1. Momento ou local ou trecho em que algo tem origem. 2. Causa primária; origem. 3. Preceito; regra”.

Internet

Numa pesquisa no site Google princípio aparece aproximadamente 68.600.000 resultados.

RELIGIOSO

“no princípio, Deus Criou o céu e a terra” (Gênesis cap. 1 v.1)

Poético

“no princípio era sol sol sol” Raul Bopp

Música

“No princípio era o verbo,a palavra e depois a rima” (DA WEASEL)

“O principio da nada chegou”  (replicantes)
 
Psicologia
 

Freud diz “no princípio era a ação”.

Princípio ativo

Princípio ativo é a substância que deverá exercer efeito farmacológico. Um medicamento, alimento ou planta pode ter diversas substâncias em sua composição, porém somente uma ou algumas destas conseguirão ter ação no organismo. (Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.)

Livros

ALEM DO PRINCIPIO DO PRAZER - PSICOLOGIA DE GRUPO E OUTROS TRABALHOS (FREUD, SIGMUND)

DE VOLTA AO PRINCIPIO (LAN, DONG YU)

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

O Verão Chegou...





Não sei se é algo que acontece com todas as pessoas, mas em particulamente, toda vez que chega o verão parece que estou ligado na tomada. No fim das contas, eu sempre acabo ouvindo música altamente animadas e, nem por um decreto, consigo me acalmar.

Parece que minhas moléculas ficam se debatendo e tudo o que eu ouço é poder da eletrônica, pop e qualquer música agitada. Entre os meus preferidos sons de verão estão: Jason Mraz, Little Boots e Friendly Fires. Aliás, serve até de dica para quem quiser ouvir as bandas.

As músicas animadas pipocam nessa época do ano, o máximo que meu ouvido aguenta é um violão, animado, porque se cair para depressão não desce. E nesse quesito quem me supre é o Little Joy.

Parece que eu e a música entramos em convulsão no verão. Ficamos totalmente elétricos... É algo que toma conta de mim, algo maior que tudo que posso controlar. Algo chamado calor.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

UNIÃO DE FORÇAS

Por DuDu Magalhães & Iasmin Medeiros



Enquanto alguns sorriem na TV
Crianças choram e passam fome nas ruas
A elite julga isso normal com seu discurso banal
E alguns tentam, quase em vão, encontrar uma solução

Bombas são jogadas destruindo um todo
Feito de esperança, concreto, de história e pessoas
Feito um dominó desmoronando num jogo sangrento
Onde só resistem os lamentos

O desrespeito, a desigualdade e a negligência
São ingredientes saborosos nessa receita de egoísmo
Liderada por pessoas de grande poder e papel na sociedade,
Que apenas assiste, querendo piedade

Todos temos os nossos problemas, eu sei...
Porém, é preciso olhar além do nosso umbigo,
Pois há um mundo não lá fora, aqui mesmo: em toda parte
Que espera nossa ação, que espera...

E o que temos feito? O que você tem feito ?

Apenas reclamar já não é mais solução
Bons argumentos podem mover nossa nação
Mudar a realidade em que vivemos
E minorar o sofrimento que vemos

Abra as portas e as janelas
Vá para a rua lutar, mostrar a sua cara
Demonstre o quanto sua vida não é feita apenas de lembranças
Pois somos a única esperança
De um povo que clama por melhoria,
Mas vivem, vidas vazias.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Verdades?


Abra seus olhos... Isso mesmo, abra seus olhos.

Eles serão necessários para entender o que tenho a dizer.

Você realmente conhece a verdade?

Ou melhor, alguma vez você já conseguiu pensar em algo?

Pois eu não consigo recordar a ultima vez que tenha tido um idéia.

Passamos toda nossa vida adquirindo conhecimento, idéias, crenças, dogmas.

Adquirimos informações para então agirmos... Parece familiar, não é mesmo?

Uma maquina... É isso que você é? Uma maquina?

Quem são as pessoas que criaram seu modo de pensar? Seu modo de viver?

Não procure por seus Profiles, pois muitas delas já se foram.

No entanto suas idéias ainda continuam vivas em nossos comportamento.

Aonde quero chegar?

Horas... Em lugar algum!

Quero apenas que pense por um segundo... Quem é você?

Quais são seus pensamentos? Quais os seus sonhos?

Eu espero que eles sejam realmente seus.

...

Não existem verdades, apenas meia-verdades.

Arthur F. Farias

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Até Onde?

Essa semana eu acordei martelando com um dado incrível, 95% dos downloads feitos na internet são ilegais. Ou seja, a maioria esmagadora não paga nada de direitos autorais, gravadoras ou até mesmo por artista.

Não estou dando uma de bonzinho nesse caos virtual, já que também baixo sem pagar um tostão à ninguém. Antes pelo menos existia mais pessoas que pagavam e isso me reconfortava. Mas o que me pergunto é: baixar de graça na internet, pode? Não me resumo à música, mas filmes, seriados, shows e qualquer nova invenção moderna.

Uma vez eu fiz essa pergunta à uma amiga e ela me respondeu que a música irá se tornar como a televisão. Ninguém paga pelo programa que assiste e daqui a pouco, música será de acesso à todos e ninguém irá ter que pagar.

Não posso afirmar se isso é verdade, mas pelo menos me fez dormir mais tranquilo.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Palavras, apenas palavras...

- Seremos sempre amigos?!
- Sim!
- Eu te amo


Alguns anos depois...


- Estou namorando e o meu namorado não gosta de você
- Então esse é o fim da nossa amizade?
- Sim!

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Apenas Pensamentos

Por Pedro Junior

Hoje acordei com uma vontade de lhe olha nos olhos e dizer que TE AMO
Hoje acordei com um desejo de lhe abraçar como o nosso primeiro abraço, sincero e inesquecível
Hoje acordei com uma vontade de me perder em seus lábios
Hoje acordei com o desejo de ouvir a sua voz de mulher me chamando de Amor

Hoje acordei com uma falta de ar
Hoje acordei com uma falta de você
Hoje acordei com uma falta de tudo
Hoje acordei sem você ao meu lado e queria me perder

Hoje só quero que você saiba que você vive em mim
Hoje só quero que você saiba que se eu existo é porque você existe
Hoje só quero que você saiba que quando você sentir frio eu estarei ao seu lado
Hoje só quero que você saiba que nos dias de tormenta eu também estarei contigo

Não me importo com a sociedade
Não me importo com os preconceitos
Não me importo com os falsos moralista
Não me importo com nada, que não seja você

Hoje somos mais que poderíamos ser quando éramos apenas um
Hoje eu tenho um tanto de você e você de mim
Hoje somos o sol e a lua, água e fogo, sexo e amor
E juntos seremos sempre mais...

Os nossos bons momentos vão estar gravados no mais intimo da minha alma. O seu rosto e o seu sorriso lindo, o seu abraço, o seu cheiro, a sua pele macia, o seu cabelo bagunçado, a sua boca, a sua voz de mulher delicada, o seu corpo junto ao meu em uma bela e perfeita sintonia, momentos que passamos juntos que hoje estou a recordar. Momentos que ficarão gravados para sempre em minha alma, existência, no seu ser...


Por Pedro Junior

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Apenas Vídeos?

Caros colegas, gostaria de compartilhar esses dois vídeos com vocês. Os que não gostarem do 1º vídeo nem precisa ver o 2º, afinal, é apenas uma "continuação".

1º - Funk dos Burrão
2º - Funk dos Burrão: o retorno



PS: Fonte