terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Sei lá!
Por DuDu Magalhães


Uma das coisas que menos gosto são as respostas automáticas. Mas não todas, há algumas que são interessantes, como a do messenger, pois elas são como um rodizio de pizza, ou seja, o ápice do meu convívio social. Quatro queijo, quatro direção, sul sem norte, caminho na contramão da anti fobia social. Será que sou tão estranho assim?

Gosto de ficar com o status "ausente". É que me vejo tão distante da padronização [anti] racional que se criaram, que até chego a pensar que sou de outro planeta. Quem sabe de Vênus, ou de Marte?. [Lembrei-me agora do sistema solar] você já viu o sistema solar? Já olhou para o céu com o coração numa noite especial, e sentiu-se tão pequeno perante a grandeza do desconhecido? Eu já, e foi um saco! Pois estava eu embriagado de emoção olhando para o céu, quando um pássaro defecou sobre a minha cabeça. ¬¬º

Se eu fosse de Vênus não teria este problema. Mas John Gray teima comigo, falando que sou de Marte, quer dizer, não só eu, mas todos os homens, ele também diz que as mulheres que são de Vênus. Será mesmo, hein? Só conferindo o livro Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus, pois vale a pena, ops, vale a galinha toda.

E por falar em galinha, sabe aquele som que elas fazem? Parecem todos iguas, não? É meu caro, as galinhas são todas iguais, assim como uma nova leva de pessoas, pessoas automáticas, digo, pessoas que dão respostas automáticas.

Quantas vezes você fez uma pergunta para alguém e ouviu um "sei lá" tão automático e vagabundo que deu vontade de....? Quantos sim você já recebeu com o mesmo contexto? E quantas outras respostas automáticas você já recebeu? [ao meu ver, a pior de todas é o "foi mal", mas isto é assunto para um outro post]

Essas respostas fazem parte do cotidiano de grande parte da população economicamente ativa das "Lã Hauzis", frequentadoras do msn, orkut, e da net como um todo. Mas há uma vertente que diz que também há seres que desfrutam da não fobia social, e usufruem desta maravilha do mundo: a resposta automática.

Em um estudo recente apresentado pela OPI [Organização de pesquisas inúteis], demonstra que 60% de toda população intra-nertez, faz o uso desse artificio para se livrar de algum chato que não está inflando o seu ego. O estudo aponta também que em breve estaremos num elevado nível de atrofia mental, que já nem saberemos como se compreendem textos estranhos e aparentemente confuso como este que você acabou de ler. Qual a intenção do autor? Sei lá!

20 comentários:

//dreamsgreen disse...

concordo com o texto "SEi lá" Caraaaa...viagemm da poxaa q tu fezz aeee..auhsuahsuasa.Mas foi engraçado ;)

Sr.BarraBlog disse...

AIUSHDiuasD
Muito legais suas postagens, mesmo que algumas sejam meio estranhas ou confusas.. a das musicas de natal eu gostei bastante !
Gostei do site, continue assim

Khadija disse...

ô mente criativa,hein!
Filosofar sobre MSN e afins,é para poucos.
Parabéns!



http://tricotandocomakhadija.blogspot.com/

Heitor Nogueira disse...

De todo esse texto, posso tirar uma coisa:
Vc é excêntrico[a]!
DEMAAAAIS!
^^

epifannias disse...

huahuahua a intençao do autor eu nao sei, mais o que sei é que voce expos mto bem o assunto internetez

Oitentando disse...

Putzzzzz....
Agora percebi que estou no índice da pesquisa!!!
Muito viajante seu texto.,..
se eu dissesse que entendi estaria mentindo,
vou sair mais confuso do que já sou,pois tudo isso é culpa do meu msn...pois meu status fica geralmente ocupado!!!
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
Flw!!!

Lara Sousa disse...

O texto ficou um pouco confuso, mas deu pra extrair a idéia principal, eu odeio respostas automáticas, até pq elas não dão abertura para uma possivel conversa;

beijO

Bruninho disse...

AOSksosksoks .. bom blog .. XD

Vi q aki se fala de tudo

XD


visite-: www.xisde-xd.com

epifannias disse...

parabens pelo texto a intençao do autor acredito que é mostrar o qunato estamos cada dia mais "dependentes" dessa linguagem desarranjada

Karina Maria disse...

Kkkkkkkkkkkkkkkk...

Sem comentários, Dudu!

:P

Bruninho disse...

SOkaoksoaskasoasks ... nem sei se vai ter sorverte de morango ein

:P


kkk


visite-> www.xisde-xd.com

André disse...

por isso que o vovô aqui nao usa orkut/msn - para que? somente para divulgar alguma coisa e deu. voce explicou todas as razoes. tche eu até gosto muito de meter o pau mas voce nao faz o meu genero...gosto do teu trabalho rapaz - extremente honesto. abraços!!!

João Vitor disse...

o texto combina com o titulo!
qndo vc falou "sei lah" achei que ia falar do "sei lah" que a Karina te respondeu no seu blog!
eu não entendi bem! ou eu to lerdo hoje, ou sei lah!
que tipo não ta fazendo muita ligação, mas de boa! tem informações interessantes!
sistema solar? sei lah o.O
hsauhsuhaushaus

__((::_Pamelita_::))__ disse...

achei um pouquinho confuso o textinhooooo... enfimmmm.... deve ser pq faz em torno de 1 semana q nao durmo direito... rsrsrsrs... mas sobre o texto... respostas automaticas sao uma coisa... maaaaasss... que atire a 1ª pedra que nunca usou... haiuhaiahuaih....

valeu pela visita!

Aline Dias disse...

ninguém entra na cabeça do autor pra saber aintenção.
e a vazieza faz parte sempre. colore as coisas.

Lari. disse...

Poutz, cara! Que viagem! hahahah!
Sabe, não sei se me irrito mais com um "sei lá" ou com ficar sem resposta. Sabe quando você pergunta alguma coisa e a pessoa responde "ahh" e a conversa acaba? Detesto!
=P

grupo gauche disse...

huahauhaua gostei da OPI... enfim... as vezes a gente se pega filosofando mesmo ^^

Leo Pinheiro disse...

Parabéns, vc atingiu o seu objetivo: prender o leitor até a última linha! rs

Não era esse o seu objetivo? Errei? rs

Abç

Pedro Junior disse...

As constantes interrogações presente no texto faz com que o próprio leitor se de conta das nossas respostas automáticas. Não sei se todos conseguiram ver o textos por essa óptica e se essa era a intenção; no entanto a questão do automatismo muitas vezes é inerente ao ser humano. Sobre o "sei lá" se apresenta muitas vezes como força de expressão... Mas que as respostas e atitudes automáticas (abrindo um pouco o leque) é algo no mínimo chato isso éh!

Marcus Alencar disse...

Meu, sei lá, que texto legal...perae, foi mal ae começar meu coment assim...rs
Tava lendo e pensando e não que isso acontece mesmo, pura verdade, o pior é quando esses malditos vícios automáticos invadem a vida real e se tornam costumes super irritantes.