quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Pout-Pourri

Por Mateus Bracarense

O ano de 2008 já vai chegando aos seus finalmente e muita coisa rolou no mundo da música, apareceram bandas novas extremamente talentosas, ressurgiram bandas velhas e tantas outras continuaram fazendo sucesso. Como já é fim de ano, farei hoje um resumo das melhores bandas que se passaram pelos meus ouvidos.

No jazz, o ano foi de Adele, a garota de apenas 20 anos, mostrou bastante poder vocal em seu disco de estréia, 19. O som feito pela garota é doce, calmo e serve para relaxar muito bem. Já pegando uma ponta de jazz e desenvolvendo ao pop está Jamie Lidell, o moço já se apaixonou pela eletrônica, mas passou e agora caiu no jazz com variação ao soul. O seu quinto disco, Jim, foi lançado este ano e tem ótimas baladas como “Little Bit Of Feel Good”.

O pop este ano teve boas novas, como Katy Perry e Annie. A primeira beijou uma garota e contou para todo mundo e fez o maior sucesso este ano, já a segunda lançou o álbum Don’t Stop, com um potencial hit: “I Know UR Girlfriend Hates Me”. Já a eletrônica foi abençoada com Lady Gaga e Hadouken!. A primeira ganhou as festas com “Just Dance” e de lá não saiu mais. Hadouken! lançou o seu primeiro disco em maio deste ano e em todas as trance possíveis eles estão, já que o som produzido pelo grupo britânico tem batidas fortes e é ótimo para dançar.

O rock este ano não foi tão democrático, já que foi dominado por duas bandas: Paramore e Tókio Hotel. Embora eu não goste de nenhuma das duas bandas, sou obrigado a admitir que elas conquistaram os corações de muitos jovens. O mundo indie também sofreu modificações este ano e se destacaram no mundo alternativo: Fleet Foxes e Vampire Weekend. Para mais informações, vide a playlist.

2008 foi um bom ano para música, tivemos ótimos cantores que se destacaram pelo talento e espero que 2009 seja um ótimo para todos nós. Semana que vem eu volto com as músicas natalinas.


4 comentários:

DuDu Magalhães disse...

O cenário musical mundial, teve grandes talentos revelados mesmo, mas, o nacional também não ficou atrás.

Todo ano surgem várias bandas, mas não são todos que conseguem perpetuar ...

O Paramore é muito bacana, um som que realmente me agradou...

Vamos aguardar para ver o que rola ano que vem...

ºDreº disse...

Oi
Tem selinho para o Visão contrária no meu blog.
Super beijo.

Pingo de Leite disse...

Não destoando-me da sua linha de raciocínio, mas alargando as fronteiras da música, quero, junto ao seu blog, fazer um protesto: O que é essa demanda de novos atores na televisão, descartando-se a experiência dos mais antigos?
Músicos novos é bonito, mas um bando de adolescentes novatos, muitos dos quais mal sabem interpretar, estão enchendos nossas telas de desilusão, porque é assim que vejo o que ocorre...

andre disse...

dentro em pouco estes serao esquecidos...o sucesso vem/vai rapido demais alem de ter espeço para todos. abraços...na te limita na informaçao...verifica ela. abraços