terça-feira, 15 de julho de 2008

Pump it up



Mais uma vez estou aqui sem saber o que postar. Há tantas coisas que eu gostaria de escrever, falar mas principalmente... Sentir! Então me veio a cabeça um texto antigo que tinha escrito sobre “Pump it up”. E resolvi postá-lo.

“Minha Visão de Pump it up!

“Pump não reside apenas nos pés, músculos e na respiração, mas acima de tudo isso está na ‘energia’ que é usada, na determinação que o direciona e o sentimento que o guia.”


Esta filosofia pode ajudá-lo a alcançar uma prática de Pump mais profunda, se você desejar...

Eu sempre testo o melhor das minhas capacidades para sustentar e abrir minha mente. È importante não pensar quanto tempo levará para alcançar certo nível de musicas (15, 17, 20, etc), mas alcançá-las. Porém, você pode ter uma aparição divina amanhã e perceber que estava errado.

Sabe, as pessoas não devem olhar para traz e procurar por coisas que as outras disseram para usar contra elas. Por exemplo: se uma pessoa vê as coisas de uma nova maneira devemos perceber que ela cresceu. Não devemos olhar para o passado pra achar coisas que essa pessoa disse para contradizer o que ela acredita agora. O entendimento que esta pessoa tem nesse momento é o que realmente importa. Pessoas que estão “erradas” devem aceitar humildemente que estão erradas. Nada mais deve ser exigido dessas pessoas.

Pra mim, pump não é apenas mais um “Joguinho” que me proporciona um puta condicionamento físico, como também uma melhoria nos reflexos, agilidade, concentração, etc. Também não considero como muitos: “Um estilo de Vida”

Pump é como uma pratica esportiva, pois necessita de muita dedicação, persistência, e coragem. Sim, porque não é qualquer um que tem “peito” pra quebrar este paradigma de pump ser “Joguinho Pra Gay”.

Não tenho, nunca tive e nunca vou ter nada contra Homossexuais ou Bi. Sou Hetero, e não coloquem palavras na minha boca, dizendo que tenho “pré-conceito” ou qualquer coisa do tipo. Se tivesse nem andaria/seria amigo de alguns pumpers! xD~~ Mas isso não vem ao caso.

Bom, não jogo Pump pra ser melhor que fulano ou beltrano (salvo quando estou disputando um campeonato, etc). Jogo pra me superar a cada dia, e é isso que me atrai na pump, a magia de sempre poder me superar, sempre passar uma musica mais difícil, descobrir que se colocar o pé assim vai melhorar, que sou capaz de superar meus “limites”, descobrindo a cada dia que o que parecia “Impossível” está se tornando mais real, é tão bom quando a realidade é tão doce como nos sonhos!

Jogando pump fiz muitos amigos, conheci pessoas que quero telas pro resto da minha vida ao meu lado, e também fortaleci laços de amizades que já pareciam perdidas...

Enfim, Pump me da vida! Pump pra mim é como o Amor, é a Contemplação do “Abstrato”.

E há sempre um tipo maior de dificuldade que pode ser encontrada ou imaginada. Obviamente é sempre possível treinar até mesmo para as situações mais extremas (musicas fodasticas como: Dignity, Slan, Etc. (Crazy). Cabe a cada um definir os “limites” e objetivos pessoais.

Hist. Pessoal!

Meu espírito Pumper veio morrendo, cada treino eu treinava mais pesado, mas com menos paixão e amor, até ontem.. ontem fiz algo que a MUITO tempo eu não fazia, esqueci treino “Serio”, repetições e tudo mais, e simplesmente fiquei fazendo coreografias, dançando! de bobeira, como quem não quer nada, simplesmente curtindo toda evolução que ganhei até aqui, confesso que sou muito radical e extremista em relação aos treinos sérios, e não volto atrás disso, mas eu tinha esquecido de aproveitar um pouco, tudo que eu conquistei. estou feliz, lembrei do prazer de simplesmente dançar, não esqueci das minhas obrigações, dos meus treinos chatos e nada disso, mas lembrei que o mais importante nunca depende de fazer o que alguém faz, ou fazer mais que alguém, o que é bom, é simplesmente fazer.

E é isso povo, Tchau!”

Hehehe... Ainda jogo pump segue abaixo um vídeo de uma coreografia minha!






Por DuDu Magalhães

18 comentários:

Gisa disse...

Nossa... Um joguinho fez você chegar a todas essas conclusões?? rsrsrs que inveja da sua capacidade de raciocínio!!!

anraços, boa quarta!

Elton D'Souza disse...

Bah, que joguinho mais gay esse
rsrsrs

Nunca joguei Pump it por que não ia muito a shoppings onde geralmente tem dessas máquinas, mas admito que parece dificil, não é qualquer um que consegue.

Stanley Marques disse...

Puxa! Vc é cara nisso eim! Eu me arrisquei no Pump apenas uma única vez, há 2 anos. Concordo contigo no que esse jogo proporciona. Massa. abraços.


http://www.antologiaracional.com/

ÍCARO GIBRAN disse...

Parabéns! Gostei do post. Muito interessante esse seu texto.
Enquanto lia fui pensando: poxa, minha coordenação é um lixo, eu não tenho determinação alguma, e só joguei isso 1 vez (foi nesta q desisti) rsrs.
Mas é isso aí, acredito piamente em tudo o que foi dito no post acerca do jogo, e todos os meus amigos q sabem pelo menos um pouco parecem muito felizes enquanto estão praticando.

Mais uma vez, parabéns pelo blog.

Maíra Charken disse...

Adorei a coreô! Esses jogos são o máxmo!

www.mairaempalavras.blogspot.com

Robson Delgado disse...

Postagem enorme que fadiga o leitor,. Maneire aí, caso oposto terá poucos comentários.

Abçs

UNDERGROUND disse...

Eu não tenho nenhuma coordenação motora pra esse tipo de jogo.....

hehehehehehe

flw!

Rafael Tupiná disse...

Putzzz eu acho mt foda este negocio

adiro akeles japones q manjam mt


da um look meu blog e veja o post de hj: Faz parte.....
http://culturatups.blogspot.com/

abraços

Dedinhos Nervosos disse...

Nossa, eu sou loca pra "brincar" disso, mas nunca tive coragem de enfrentar a enorme fila do shopping.
Bjos!

... disse...

Eh, nunca brinquei numa maquininha dessas, mas acredito que deva ser bem legal... Eh que sou meio averso a esses joguihos. Melhor dizendo, a verdade eh q não levo muito jeito. Heheheheh...
Pump it eh estado de espírito, não eh isso?! Tal qual eh a felicidade, o amor, e as coisas boas da vida. Então, pra quê treinar? Não encarar a diversão como se fosse uma batalha é o melhor que se tem a fazer.
Ah, qnto a ser chamado de gay, bi, homem, sei lah, cara, melhor não ligar muiiiito, neh?! Porque virilidade está mesmo eh no caráter e não no fenótipo.
Abraço pra ti.

P.s: teu blog encontrado na comu do orkut.

felipe disse...

Boa analogia!

Carlos disse...

que coordenação ,já tentei...nem deu certo ... ~~

melk jus disse...

bom.. legal tua explicação sobre p "pump", mesmo eu naum curtindo esse "brinquedo", o post ficou legal..

Bruna disse...

Faz tempo que não venho aqui. Faz tempo também que tinha largado a vida de blogueira.
Mas eu não resito e cá estou eu de novo.
É dificil mesmo começar um post sobretudo à meia noite.
E pelas suas palavras dá pra perceber sua paixão pelo Pump it up.
Eu nunca tinha ouvido falar disso em minha vida, tinha visto em alguns filmes americanos mas não sabia o nome.
Obrigado por me esclarecer o que é Pump it up.
Felicidades xD

Cherry disse...

interessante sua visão... nunca consegui "jogar" isso

Breno Lucano disse...

Todos procuramos algo e é muito gratificante quando, após tantos percalços existenciais, o encontramos.

Leonardo Dognani disse...

Sempre achei legal ver outras pessoas jogando Pump^^

Já quis dançar, mas não quis dedicar tempo, logo, deixei p lá^^
(mas dedico a outras coisas que EU acho mais importante^^)
cada um com seus habitos né?
=)

mesmo assim, achei um jogo dos mais criativos que fizeram, possibilitando criações de coreografia e apresentações^^

Abraços^^

Marcelo disse...

Eu já vi uma molecada fazendo isso no shopping, mas aos 37 anos tenho medo de parecer ridículo... nunca tentei.
É um barato mesmo.